LENDAS

Jean Marie Pfaff

Jean Marie Pfaff nasceu em Lebbeke , no dia 04 dezembro de 1953. O ex-goleiro belga passou a maior parte de sua carreira profissional nos clubes Beveren (Belgica) e o Bayern de Munique . 

Com 16 anos, Pfaff ingressou no K.S.K. Beveren, onde ganhou um título do campeonato belga (1979) e uma Taça da Bélgica (1978). No mesmo ano, ele recebeu a Chuteira de Ouro do país.

Após a Copa do Mundo da Espanha, em 1982, iniciou sua carreira no poderoso Bayern de Munique, participando das conquistas de três títulos da Bundesliga (de 1985 a 1987) e duas Copas da Alemanha (1984 e 1986).


Sua carreira na seleção começou em 1976, em um jogo contra a rival Holanda. O goleiro de cabelos encaracolados jogou os Campeonatos Europeus de 1980 e 1984, além das Copas do Mundo de 1982 e 1986, onde foi eleito  o melhor goleiro do torneio realizado no México.


Suas atuações e conquistas lhe renderam um merecido lugar na lista da FIFA dos 100 maiores jogadores vivos, em 2004 .

Prêmios

  • Chuteira de Ouro da Bélgica de 1978
  • Eleito para a Seleção da Copa do Mundo de 1986
  • Eleito o Melhor Goleiro do Mundo IFFHS em 1987
  • FIFA 100: 2004
  • Prêmio Golden Foot Legends: 2014

Fonte: FIFA
------------------------------------------------------------------------------------


Gordon Banks

 Considerado o melhor goleiro inglês de todos os tempos. Nascido na cidade de  Sheffield em 30 de dezembro de 1937, ele começou sua carreira na terceira divisão  pelo Chesterfield, em 1955. Quatro anos depois foi para o Leicester City, onde começou a mostrar o seu potencial. Com o Leicester, Banks chegou à final da FA Cup em sua segunda temporada.

Em 1963, Banks foi convocado plea primeira vez para integrar o English Team. Muito seguro, ágil e impecável no posicionamento, o goleiro passou a ser a primeira opção do técnico Alf Ramsey.

Em 1966, a Inglaterra sediou a Copa do Mundo e Banks vivenciou um dos períodos mais importantes como jogador de futebol. Sua equipe chegou à final tendo sofrido apenas um gol. Depois de uma final dramática contra a Alemanha Ocidental, a Inglaterra levantou a Copa do Mundo pela primeira e única vez. Banks foi eleito o melhor goleiro do torneio.

Já famoso, em 1970, viajou para o México para defender o título de campeão Mundial. Este torneio consolidou sua condição de ídolo no país, graças ao ocorrido no jogo entre Inglaterra e Brasil, no dia 7 de junho, conhecido como "A defesa do Século". No jogo, após cruzamento de Jairzinho pela direita, Pelé subiu muito alto e cabeceou a bola de cima para baixo, em direção canto inferior direito. Gordon saltou e com a mão direita deu um tapa na bola, jogando-a por cima da baliza. A Inglaterra perdeu o jogo por 1-0 e, mais tarde, foi eliminada pela Alemanha Ocidental.

Um grave acidente de carro em 1972 interrompeu abruptamente a sua carreira, deixando-o cego do olho direito. Apenas alguns meses antes, ele havia ganho uma Copa da Liga pelo Stoke City e eleito o Jogador do Ano na Inglaterra. 

Em 73 partidas pela seleção inglesa, Gordon Banks não foi vazado em 35, tendo sofrido apenas 57 gols. 

Prêmios
  • Goleiro do Ano pela FIFA em 1966, 1967, 1968, 1969, 1970 e 1971; 
  • Eleito para o All-Star Team da Copa do Mundo FIFA de 1966; 
  • Esportista do Ano pelo Daily Express em 1971 e 1972; 
  • Eleito o 2º Maior Goleiro do Século XX pela IFFHS; 
Fonte:Planet World Cup

Nenhum comentário:

Postar um comentário